em

Alheira de Mirandela

Alheira de Mirandela
Alheira de Mirandela
Alheira de Mirandela

Enchido tradicional fumado, cujos principais ingredientes são a carne e gordura de porco, a carne de aves (galinha e/ou peru) e pão de trigo, o azeite e a banha, condimentados com sal, alho e colorau doce e/ou picante. Podem ainda ser usados como ingredientes a carne de animais de caça, a carne de vaca e o salpicão e/ou o presunto envelhecidos.

É um enchido com formato de ferradura, cilíndrico, sendo o interior constituído por uma pasta fina na qual se apercebem pedaços de carne desfiadas e cujo invólucro é constituído por tripa natural, de vaca ou de porco.

O uso da menção Produto Específico obriga a que o enchido seja produzida de acordo com as regras estipuladas no caderno de especificações, o qual inclui, designadamente, o processo de produção.

Comercialmente este enchido pode apresentar-se acondicionado em embalagens de cartão, de plástico ou de PVC, ou de outros materiais próprios para entrar em contacto com géneros alimentícios, em atmosfera normal, controlada ou em vácuo. A rotulagem deve cumprir os requisitos da legislação em vigor, mencionando também a menção Produto Específico. A Alheira de Mirandela deve ostentar a marca de certificação aposta pela respectiva entidade certificadora.

RECEITA

  • 5 alheiras
  • 1 molho grande de grelos
  • 1 kg de batatas médias
  • 4 dentes de alho
  • 0,5 dl de azeite
  • Sal e pimenta q.b.
  1. Ligue o forno a 180 graus. Lave e arranje os grelos, retirando-lhes a parte mais dura e leve-os a cozer em água temperada com sal. Depois escorra-os bem.
  2. Lave as batatas, corte-as ao meio com a casca e leve-as também a cozer em água temperada com sal. Depois escorra-as, deixe-as amornar e retire-lhes a pele.
  3. Pique as alheiras com um garfo, coloque-as num tabuleiro e leve ao forno, virando de vez em quando, durante 20 minutos ou até que fiquem bem assadas.
  4. Descasque e lave os dentes de alho e pique-os finamente. Aqueça o azeite num tacho ao lume, adicione os alhos e deixe refogar até começarem a ficar douradinhos.
  5. Junte depois os grelos, deixe saltear bem e tempere com sal e pimenta se necessário.
  6. Sirva as alheiras com os grelos e as batatas e regue com o molho de assar as alheiras.

História
Foi inventado pelos judeus como artimanha para escaparem às malhas da Inquisição.
Como a sua religião os impedia de comer carne de porco, eram facilmente identificáveis pelos seus perseguidores pelo facto de não fazerem nem fumarem os habituais enchidosde porco.
Assim, substituíram a carne de porco por uma imensa variedade de carnes, que incluíam vitela, coelho, peru, pato galinha e por vezes perdiz, envolvidos por uma massa de pão que lhes conferia consistência.
A receita acabaria por se popularizar entre os cristãos, mas estes juntavam-lhe a omnipresente carne de porco.

Hoje, as mais afamadas são as de Mirandela, mas por toda a Beira Alta e Trás-os-Montesse fazem alheiras artesanais de excelente qualidade.

Geralmente são fritas em azeite e servidas com legumes cozidos.
Mas também podem ser estufadas, depois de envolvidas em couve lombarda.

O que achou desta receita?

Receita deTia Adelina