em ,

TARTE DE LEITE CREME

Leite creme é daquelas receitas que não há quem não goste.
Seja polvilhado com canela ou com açúcar queimado sabe sempre bem.
Resolvi fazer uma tarte sem necessidade de ligar o forno.

Ingredientes (forma redonda 22 cm)

  • Base
  • 200 g de bolacha digestiva (ou maria)
  • 85 g de manteiga amolecida
  • raspa de 1/2 limão
  • 1 colher- café- de canela em pó
  • Leite creme
  • 1 litro de leite
  • 1 pau de canela
  • 1 casca fina de limão (sem a parte branca)
  • 4 gemas
  • 200 g de açúcar
  • 45 g de amido de milho
  • 8 folhas de gelatina incolor

Canela para polvilhar

Forre um aro removível com papel vegetal de maneira que fique bem esticado para não vincar o creme da tarte.
Coloque o fundo da forma.

Leve a manteiga uns segundos ao micro ondas para que amoleça.
Num processador de alimentos pulverize as bolachas até ficarem em pó.
Retire para uma taça, junte a raspa de limão, a canela e envolva tudo. Adicione a manteiga e mexa com uma colher ou com as mãos até estar tudo bem misturado.
Distribua pelo fundo da forma, utilizando as costas de uma colher para pressionar bem de maneira que fique uma camada uniforme e compacta.
Reserve no frigorífico.

Do litro de leite reserve mais ou menos 150 ml e leve o restante ao lume com o pau de canela e a casca de limão. Deixe ferver, desligue o lume e deixe em infusão uns 10 minutos.
Hidrate as folhas de gelatina em água fria durante 10 minutos.

Passe as gemas por uma passador de rede, e bata-as com o açúcar até obter um creme fofo.
Junte o amido de milho aos 150 ml de leite que reservou, mexa bem para que se dilua.
Retire a casca e o pau de canela do leite fervido e com uma concha junte a pouco e pouco à gemada, mexendo bem. Repita até esgotar o leite.
Adicione o amido de milho bem diluído ao preparado das gemas e leite.
Coloque no tacho e leve de novo ao lume mexendo sempre até o creme engrossar.
Retire do lume, deixe arrefecer uns 5 minutos.
Esprema bem as folhas de gelatina e junte-as ao leite creme.
Mexa energicamente para que a gelatina se derreta por completo.
Passe o creme para uma tigela e deixe arrefecer até ficar apenas morno. Mexa de vez em quando para evitar que comece a solidificar.
Quando o leite creme estiver morno deite-o na forma e leve ao frigorífico algumas horas, de preferência durante uma noite.

Passadas essas horas de refrigeração desenforme a sua tarte, polvilhe-a com canela em pó, decore a gosto e delicie-se.

Notas: Se optarem por servir o leite creme com açúcar queimado, cortem as fatias que vão servir. polvilhem com açúcar, queimem com o ferro de queimar açúcar ou com o maçarico de cozinha, deixem arrefecer um pouco e sirvam.
Não aconselho a que queimem a tarte toda a não ser que seja toda comida na hora.
O açúcar queimado passado algum tempo derrete. Fica liquido e perde o seu encanto.
Se não for amante de canela aromatize o leite creme com baunilha, citrinos, um licor da sua preferência e sirva-o simples ou com açúcar queimado.
Pode colocar o aro da forma depois de forrado com o papel directamente no prato de servir e montar a tarte aí. Por esquecimento não o fiz. Coloquei o fundo na forma depois de a forrar e no final tive de servir a tarte com o fundo pois não me atrevi sequer a tentar tira-lo com receio que a tarte se desmanchasse.
É importante depois do leite creme feito que o deixe arrefecer um pouco antes de juntar as folhas de gelatina. Se as juntar com o creme ainda a ferver estas não vão ter o efeito de o solidificar não podendo depois cortar a tarte à fatia.

https://coisasimplesaoreceita.blogspot.com/

O que achou desta receita?

Receita deTia Adelina