Choquinhos com tinta. É um prato típico da culinária portuguesa

Choquinhos com tinta – É um prato típico da culinária portuguesa, tendo como origem a região de Algarve. Esta receita foi selecionada para integrar o Caderno de Tapas e Petiscos do Alentejo, Algarve e Andaluzia

Chocos com Tinta Grelhados

  • 3 chocos grandes, inteiros
  • sal
  • 3 batatas grandes, cozidas
  • salsa
  • 1 dente de alho
  • 150ml de azeite para servir
  1. Retire o “bico de papagaio” (no centro dos tentáculos é uma bolinha que faz um bico e que sai com facilidade com a mão).
  2. Tempere os chocos com sal e reserve. Coza as batatas em água com sal. Num grelhador, grelhe os chocos – cerca de 4m do lado do “osso” ou “barquinho”, que vai soltar-se com a cozedura e que pode retirar quando virar o choco e mais 3m do outro lado.
  3. Numa frigideira, aqueça o azeite com o dente de alho esmagado, apenas para aromatizar o azeite. Coloque numa travessa os chocos grelhados, com as batatas em volta eo azeite por cima.
  4. Salpique com salsa picada.

Choquinhos fritos com tinta

Uma deliciosa receita de Choquinhos fritos com tinta, acompanhado de batatas. Uma receita fácil de preparar e muito suculenta. Atreva-se a experimentar.

Ingredientes

  • 1,2 kg chocos pequenos de preferência
  • 2 dl azeite
  • 2 folhas louro
  • 4 dentes alho
  • 800 gr batatas
  • 1/2 un limão
  • q.b. sal
  • q.b. pimenta branca

Instruções

  • Lave os chocos em água fria, tendo o cuidado de não os rebentar. Ponha a escorrer.
  • Tempere com sal e pimenta.
  • Leve um tacho ao lume. Deite o azeite e deixe aquecer.
  • Descasque os dentes de alho, pique fino e junte ao azeite no tacho.
  • Adicione o louro. Deixe alourar o alho, sem queimar.
  • Junte os chocos inteiros e tape o tacho, deixando fritar em fogo lento. Mexa de vez em quando, para não queimar.
  • Frite os chocos dos dois lados.
  • Emprate e guarneça com batatas fritas e rodelas (ou gomos) de limão.

Notas

Guarneça os chocos fritos com batatas fritas e rodelas de limão.

Utilize chocos de tamanho médio.

FOnte: https://www.mulherportuguesa.com/