Todo o sabor de um cabrito de leite assado no forno com batatas no forno numa receita tradicional e tipicamente portuguesa. Aprenda a fazer!

Existem poucos pratos típicos que reúnem tanto consenso como este. Por todo o país, os portugueses dedicam os seus domingos aos almoços em família e, um dos pratos que não pode faltar, é o cabrito assado no forno acompanhado com batatas. Trata-se de uma refeição farta e que convida a um bom vinho tinto.

Esta é a mais típica receita de cabrito assado no forno. Também pode cozinhá-lo, se tiver condições para isso, em forno de lenha e, assim, experimentar um pouco da tradição e dos costumes das nossas avós. Reúna os ingredientes e deite mãos à obra!

INGREDIENTES 

  • 1 cabrito de leite
  • 2 cebola
  • 1 alhos
  • qb colorau
  • qb louro
  • qb sal
  • qb pimenta
  • qb banha de porco
  • qb manteiga ou margarina
  • qb vinho branco seco
  • qb batatinhas de assar
  • qb grelos cozidos

PREPARAÇÃO 

  • Tempere a carne dos dois lados com sal, pimenta, alhos em fatias ou esmagados, louro, colorau* e disponha-a sobre rodelas de cebola no fundo do tabuleiro.
  • Distribua em seguida pedaços de banha e manteiga (ou margarina) sobre a carne.
  • Cubra o espaço existente no tabuleiro com batatinhas de assar com casca, salpique tudo com umas gotas de vinho branco e leve a forno quente por cerca de 15m, reduzindo em seguida para 150ºC por mais ou menos uma hora ou até carne e batatas estarem bem cozinhadas e louras a seu gosto.
  • Durante este tempo vá borrifando o assado com pequenas quantidades de vinho branco, de modo a nunca deixar queimar o molho.
  • Sirva com grelos cozidos ou outro verde a seu gosto.

DICAS

  • O colorau, que na prática não se diferencia do pimentão doce e da paprica, podendo ser usado, indiferentemente, qualquer deles, não é sobreponível nem substituível por massa de pimentão.
  • Apesar de se tratar de produtos do mesmo fruto, o pimento maduro (capsicum), o efeito culinário é muito diferente, sendo a massa de pimentão um produto cru, de salmoura, apropriada para a carne de porco e o pimentão doce um produto que levou calor na sua desidratação e que perdeu todas as características do pimento fresco e se tornou apropriado para outras carnes, peixes, etc.
  • Vai sendo, no entanto, cada vez mais comum, o uso indiscriminado de massa de pimentão, como se de mais-valia se tratasse mas sendo, muitas vezes, simplesmente o arruinar de todo um prato que até podia resultar muito bem.
  • Para as batatas assadas: descasque e lave as batatas, corte-as aos gomos e num recipiente tempere-as com sal, pimenta e colorau, envolva e regue com um pouco de vinho branco e um fio de azeite. Leve-as a assar tapadas, com folha de alumínio, durante 20-25 minutos.

Fonte: https://ruralea.com/